5 músicas gospel que já apareceram nas novelas e você não sabia

A música gospel nos últimos tempos recebeu uma grande atenção da mídia e passou a ser constantemente utilizada em grandes produções da televisão brasileira. Novelas de sucesso adotaram a canções em suas aberturas e até mesmo nas cenas dos capítulos.

Cantores de peso como Preto no Branco, Kleber Lucas e Aline Barros, são exemplos claros de alguns artistas com um destaque gigantesco neste mundo gospel, tiveram seus talentos reconhecidos e viram uma oportunidade de participarem das trilhas sonoras da dramaturgia nacional.

PUBLICIDADE

Confira logo abaixo algumas canções evangélicas que já foram trilhas sonoras de grandes novelas e que você provavelmente não sabia:

1 – Recomeçar – ‘Duas Caras’, Rede Globo de Televisão 2007 e 2008

PUBLICIDADE

A renomada cantora Aline Barros teve uma de suas canções como tema da novela ‘Duas Caras’, gravada e exibida pela Rede Globo entre os anos de 2007 e 2008. A música escolhida foi ‘Recomeçar’.

2 – Eu Te Agradeço – ‘Amor a Vida’, Rede Globo de Televisão 2013 e 2014

PUBLICIDADE

Kleber Lucas também teve uma de suas músicas como núcleo principal de uma das tramas da Globo. O cantor gospel ainda protagonizou uma das cenas mais comentadas do meio gospel quando apareceu cantando na cena.

3 – Joga Fora – ‘Promessas de Amor’, Rede Record de Televisão 2009

No ano de 2009 a Rede Record lançava a novela de extremo sucesso chamada ‘Caminhos do Coração’ e a Banda Catedral teve a canção ‘Promessas de Amor’ na trilha sonora principal. Vale lembrar que a novela substituiu ‘Os Mutantes’, uma super produção que marcou uma geração.

4 – Palácios – ‘Apocalipse’, Rede Record de Televisão 2017 e 2018

O famoso e renomado cantor Paulo Cesar Baruk lançou uma música que fez muito sucesso com o Grupo Rebanhão. A canção causou tanto que foi incluída em uma das sequências musicais tocadas na trama Apocalipse.

5 – Ninguém Explica Deus – ‘Apocalipse’, Rede Record de Televisão 2017 e 2018

A novela Apocalipse contou com várias canções evangélicas e Pato no Branco teve a oportunidade de ver uma de suas composições adicionadas à trilha sonora principal da trama produzida e exibida pela Rede Record. A produção fez muito sucesso e milhares de internautas acompanharam fielmente a história.

Sua moeda de 1 real pode valer até 700 reais se vendida para um colecionador

Existem espalhadas por aí centenas de moedas raras que são passadas em frente por seus donos sem que estes busquem saber se elas possuem algum valor além do habitual. Exemplares de moedas de R$ 1 real que foram fabricadas para homenagear o cinquentenário da Declaração Universal dos Direitos humanos, que foram parar nas ruas em 1998 podem valer nos dias de hoje cerca de R$ 200 reais.

Uma simples moeda de apenas 5 centavos do ano de 1999, por exemplo, é classificada em um valor que varia de R$ 10 a R$ 35 reais, cerca de 200 e 700 vezes o valor original. José Oswaldo Aranha, vice-presidente da Associação Brasileira de Numismática, declarou que o preço de cada moeda depende apenas de sua raridade, do tipo de cunhagem e sua conservação.

De acordo com informações do Banco Central, são produzidas cerca de 150 milhões de moedas de R$ 1 real, porém, especialmente para as Olimpíadas um programa Olímpico foi colocado em andamento. Tal projeto possibilitou a produção de 20 milhões de moedas para cada um dos 16 tipos de esportes praticados nas Olimpíadas, totalizando 320 milhões de moedas.

José Oswaldo afirmou que o programa Olímpico foi uma jogada e tanta, isso porque a nova coleção de moedas trouxe novos colecionadores para a numismática e entre eles estão jovens e crianças. O vice-presidente disse que para as crianças as moedas substituiriam as figurinhas, por esta razão elas adoraram.

Por que essas moedas são tão valiosas?             

Como já foi explicado anteriormente, uma moeda tem seu valor definido por três aspectos, seu estado de conservação, sua data de lançamento e a quantidade existente no mundo. Porém, mesmo moedas recentes podem chegar a um valor absurdo.

É o caso das moedas das Olimpíadas que foram fabricadas exclusivamente para o evento. São moedas limitadas que jamais voltaram a ser fabricadas da mesma forma, colecionadores pagam mais de R$ 1 mil reais em moedas que faltam para que possam completar suas coleções.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Larissa Silva

Amo praia, natureza e escrever. Publicitária e redatora em portais online. Contato: [email protected]