A Clarinha de “Páginas da Vida” está linda atualmente aos 21 anos de idade

Joana Mocarzel fez um grande sucesso ao interpretar a pequena Clarinha na novela Páginas da Vida.

Quem não se lembra da personagem da atriz Joana Mocarzel, ele fez muito sucesso ao interpretar a Clarinha da novela páginas da Vida no ano de 2006 na rede globo.

Clarinha era gêmea e possuía a síndrome de down e por esse motivo acabou sendo separada de seu irmão por sua avó, que era personagem de Lilia Cabral que não aceitava a sua condição física.

PUBLICIDADE

Ela acabou indo para adoção e encontrou uma nova família, composta por Helena (Regina Duarte) que a acolheu e deu muito amor para ela.

No decorrer da novela, muitos telespectadores se emocionaram com a grande atuação da menina, lidando bravamente com o preconceito por ser especial.

PUBLICIDADE

Hoje em dia aos 21 anos de idade, ela mora em São Paulo, Joana que faz fez muitos sucesso nas telinhas, hoje vive como uma pessoa normal, e muitas pessoas não a reconhece do papel que interpretou.

Segundo a mãe de Joana, Leticia Santos, a filha gosta de ser lembrada, mas o fato das pessoas não a reconhecerem não a deixa frustada, pois ele entende que tudo passa.

PUBLICIDADE

Leticia ainda diz que a novela ficou para trás, porém a vida seguiu, e quando questiona a Joana sobre a possibilidade de voltar a atuar, que ela mostra desejo.

“Se fosse o caso, teria que ser um personagem com Síndrome de Down, mas que este não fosse o foco, já inserido na sociedade”, opinou ela sobre a volta da filha nas novelas.

Mesmo Joana não estando mais sendo conhecida por todos, ela conseguiu deixar uma mensagem em sua última atuação, fazendo com que as pessoas entendem que pessoas com síndrome de down pode ser muito capazes de realizarem o que quiserem.

Veja como está Joana atualmente:

 

 

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.