A Dona do Pedaço: Cinco indícios de que Josiane é uma personagem de filme de terror

A patricinha é sedutora, calculista, fria, maquiavélica e cínica. Soa familiar?

A vilã Josiane (Agatha Moreira) de A Dona do Pedaço, foi criada por sua mãe, Maria da Paz (Juliana Paes), com muitos mimos e excesso de cuidados. Isso fez com que ela crescesse acreditando que a mãe deveria satisfazer a todos os seus caprichos. Maria, porém, não estava de acordo com essa visão e procurava por maneiras de preservar tudo o que construiu e demonstrar para a filha o verdadeiro valor do trabalho.

Josiane, porém, sempre se atraiu por coisas como fama e luxo. Assim, ao perceber que a sua mãe não lhe daria mais dinheiro do que já estava dando, a patricinha decidiu que puxaria o tapete dela. Com direito a planos, traições e muitas reviravoltas, Josiane acabou se mostrando uma verdadeira personagem de filme de terror.

PUBLICIDADE

Confira abaixo cinco pontos que provam que a vilã de A Dona do Pedaço poderia fazer parte de uma produção do tipo.

Sedutora: assim que conheceu Régis (Reynaldo Gianecchini), Josiane já sabia muito bem quem ele era. Para conseguir seduzir o playboy, a patricinha fingiu que sua mãe a criava de forma rígida. Posteriormente, ela acabou se revelando, mas fez isso de maneira gradual.

PUBLICIDADE

Até que, finalmente, conseguiu convencer Régis a participar de um golpe contra a sua mãe. Entretanto, o playboy acabou se apaixonando por Maria da Paz, o que está fazendo Josiane desenvolver uma verdadeira obsessão por ele.

Cínica: fruto do relacionamento entre Maria da Paz e Amadeu (Marcos Palmeira), que Maria acreditou por anos estar morto, Josiane foi criada com mimos por sua mãe, que acreditava precisar compensar a ausência do pai. Ela, porém, aprendeu com isso a se tornar alguém cínico. Sempre que queria alguma coisa de Maria, Josiane a chamava de “mãezinha”. A vilã fez a mesma coisa com Amadeu ao conhece-lo, depois de anos sem um pai.

PUBLICIDADE

Fria: alguém tem dúvidas de que Josiane não tem sentimentos? Os indícios foram claros desde o início da trama, devido ao menosprezo demonstrado por pessoas pobres. Entretanto, o auge de Josiane nesse sentido foi atingido ao matar Jardel (Duio Botta) e Lucas (Kainana Ferraz).

Calculista: o golpe bem arquitetado contra Maria da Paz não deixa dúvidas que se Josiane é boa em algo, esse algo é em calcular exatamente o que será necessário para conseguir chegar onde deseja.

Maquiavélica: embora esteja fazendo maldades desde o início da trama, Josiane sempre se empenhou em conservar uma imagem de boa moça e boa filha. Entretanto, o seu sadismo foi revelado ao longo dessa semana.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.