Advogada acusa Luísa Sonza de racismo, cantora se defende dizendo que a situação é absurda

A cantora está sendo acusada de racismo por episódio durante evento em Fernando de Noronha.

A cantora Luísa Sonza está sendo acusada pela advogada Isabel Macedo de Jesus, de 48 anos, do Rio de Janeiro, por ter cometido racismo. A situação apontada pela advogada em questão, aconteceu no dia 22 de setembro de 2018, durante o Festival Gastronômico do Zé Maria, que aconteceu em Fernando de Noronha. A cantora, ao que tudo indica, confundiu a advogada com uma garçonete do evento. A advogada ainda revelou que no momento em questão, Luísa havia dado um tapa no seu ombro, com a intenção de fazer um pedido.

Ao saber da acusação em questão, Luísa declarou nesta última quinta-feira (17) que considera a situação como sendo absurda. O site Notícias da TV, por outro lado, conseguiu acesso ao boletim de ocorrência que foi registrado pela advogada Isabel, datado do dia 23 de setembro na Delegacia de Policia da 36ª Circunscrição de Fernando de Noronha. No dia em questão que advogada alega que aconteceu o fato com a cantora, ela estaria de férias na região, para poder celebrar o seu aniversário.

No documento que foi registrado a respeito do caso,  advogada cita até mesmo a atriz Giovanna Ewbank. Ela relata que na véspera de seu aniversário, foi até o Festival Gastronômico Zé Maria sozinha. Após ter jantado no local, ela se dirigiu próximo a palco, onde estava um cantor que não foi identificado, e ficou atrás do mesmo. Luísa que estava no palco cantando ao lado do cantor em questão, deu um tapa no ombro da advogada, e pediu que ela pegasse água para ela.

No momento em que o fato aconteceu, Isabel, que se considera negra, ficou paralisada com o pedido de Luísa, e considera que foi alvo de discriminação por parte da cantora, devido a cor de sua pele. Luísa então ficou parada olhando para advogada e questionou se ela não trabalhava no local. A advogada no momento questionou a cantora, o motivo pela qual ela achou que a advogada trabalhava no local. Diante do questionamento, Luísa respondeu à Isabel que não era o que ela estava pensando, e a advogada repetiu novamente a pergunta.

No registro feito do caso, Isabela relata que pediu que Luísa contasse o ocorrido à Govanna Ewbank, que também estava no festival, e perguntasse qual seria a leitura dela da situação que havia acontecido. O pedido que foi feito à Ewbank foi pelo fato de que a atriz na época havia adotado uma criança negra, que passou por descriminação através da internet.

Diante da situação, de acordo com a advogada, Luísa a pediu desculpas e declarou que sabia o que ela estava sentindo no momento. Isabel retrucou a cantora alegando que ela nunca saberia o que ela havia sentido no momento, devido o fato de não ser negra, e sim branca, loira e de olhos claros. No boletim Isabela ainda relatou que contou o momento para um garçom pedindo ajuda ao mesmo, pois estava se sentindo mal com o episódio, e chegou a chorar devido o ocorrido.

Luísa no entanto usou suas redes sociais nesta quinta-feira (17) para negar as acusações que foram feitas. A cantora apontou que o que foi declarado pela advogada, é mentira, e que ela nunca teria o tipo de atitude que foi relatada.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.