Alceu Valença e a quarentena: lives, isolamento e preocupação com a cultura

Neste último domingo (3) aconteceu uma live do cantor em seu canal do YouTube

Como é dito através da letra de Cabelo no Pente, o cantor Alceu Valença ‘andou pisando pelas ruas do passado’ mas sem sair de casa, neste último domingo (3). O cantor e compositor de 73 aos de idade está em sua residência no Rio de Janeiro atualmente, onde ele está passando pelo período da quarentena, tocando violão.

Alceu vem lembrando de músicas que estimulam as suas recordações em lugares por onde ele passou, e comenta, que fica o tempo todo viajando nas histórias das músicas.

PUBLICIDADE

No último domingo (3) às 18h o cantor realizou uma live através de seu canal do YouTube, onde contou com uma ação para apoiar e distribuir recursos para os profissionais da música, que estão tendo problemas para trabalhar durante este momento da pandemia do coronavírus devido ao isolamento social.

Na entrevista o cantor comentou a respeito do momento atual, e explicou por que considera que sua obra atravesse gerações.

PUBLICIDADE

Ao ser questionado a respeito da quarentena em entrevista, o cantor revelou que deste o começo ele está em sua casa, e começou a tocar violão, da mesma forma como ele fazia quando chegou a morar em Paris no fim dos anos 1970, onde ele não tinha muito o que fazer e por isso tocava o instrumento.

Ao falar a respeito da internet e tecnologia, Alceu garantiu que considera uma maravilha, e que no confinamento se ele não tivesse WhatsApp as pessoas ficariam loucas dentro de suas casas.

PUBLICIDADE

Ele conta que está se comunicando com seus familiares e amigos do mundo todo através da internet neste momento, mas que ele mantém alguns cuidados, e ressaltou que não faz parte de grupos pelo fato de que ele é um livre pensador.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.