Cantor famoso morre vítima de Covid e fãs lamentam

O cantor também era diabético e se enquadrava no grupo de risco pela doença

Cantor famoso morre vítima de Covid e fãs lamentam

O cantor também era diabético e se enquadrava no grupo de risco pela doença, o artista estaria substituindo seu irmão no trio.

PUBLICIDADE

O integrante era muito querido pelos amigos do canto, reconhecido por compor músicas famosas com seus irmãos, “Parrerito” como era chamado pelos familiares, veio a óbito com 67 anos internado no hospital.

Eduardo Borges morava em Minas Gerais na cidade de Belo Horizonte, o cantor era primeira voz do (Trio Parada Dura). O homem teve sintomas no início da semana e foi levado às pressas para “UTI” da Zona Leste de BH.

PUBLICIDADE

Na madrugada do dia 29 do mês passado ele se encontrava com estado grave passivo de estabilidade, mas dias depois complicações desencadearam anomalias em seu quadro que o levou a óbito.

A banda foi criada em meados dos anos 70, e nesta época o grupo era composto por “Creone, Barrerito e também Mangabinha”. Nos dias atuais antes do falecimento de “Barrerito” o grupo era formado por “Creone, Irmão de Barrerito e Xonadão”.

PUBLICIDADE

O grupo fez sucesso em 85 com estas músicas (as andorinhas e fuscão preto), fora isso o trio foi reconhecido por outras canções emblemáticas (Aceita que dói menos, vivendo aqui no mato, telefone mudo).

Para muitos o trio veio a fazer sucesso após o filme de Xuxa em “Fuscão Preto” no ano de 1983, no longa metragem existia a música de Almir Rogério, mas logo depois de seu lançamento o filme foi um dos responsáveis por viralizar a música do Trio até hoje.

PUBLICIDADE

Escrito por Melissa Lopes

Trazendo "De tudo um pouco" por aqui. Relacionamento, curiosidades, notícias, receitinhas que amamos! Seja bem vindo!