Claudia Raia rasga o verbo: “ser fogosa aos 50 anos incomoda muita gente”

Atriz falou a respeito sobre o preconceito com a mulher madura

A atriz Claudia Raia que está na televisão no momento como a personagem Lidiane na novela “Verão 90”, que já está chegando em sua reta final, foi um pouco a respeito do preconceito com a mulher madura. Claudia está com 52 anos de idade e recém-casada, além da carreira que continua melhor do que nunca.

Raia trouxe a tona um assunto muito importante a respeito do preconceito com mulheres maduras. Segundo a atriz, é devido ao grande machismo que as pessoas se mostram muito ofendidas em verem uma mulher de cinquenta anos fogosa e cheia de amor.

PUBLICIDADE

Segundo foi divulgado pelo portal de notícias “Tv e Famosos” as cenas ousadas da personagem de Claudia Raia na novela, Lidiane, rendem muitos elogios. Principalmente as cenas em que ela está junto com Quinzão (Alexandre Borges).

Muitas mulheres tem se identificado com a liberdade da personagem e acabam se vendo no que é passado na telinha da televisão. O que tem sido muito bom para mostrar uma maior representatividade.

PUBLICIDADE

A personagem tem trazido uma maior liberdade para mulheres que também se sentem livres com sua sexualidade assim como a personagem.As mulheres mais velhas como Lidiane, acabam sofrendo muito preconceito em sua vida por serem tão livres com sua sexualidade. Muitas das vezes acabam sendo julgadas por isso.

Outro problema muito comum é o incômodo que as pessoas têm ao ver uma mulher mais velha junto com um rapaz mais novo, como o caso de Lidiane e Patrick (Klebber Toledo) na novela.

PUBLICIDADE

Neste caso o casal se amava de uma forma muito intensa, e muitas pessoas acabavam se mostrando muito incomodadas pelo fato de ser um rapaz bem mais novo que a mulher. E isso expõe o preconceito que essas mulheres sofrem.

A atriz falou a respeito da relação entre Lidiane e Patrick, e explicou que uma mulher mais velha e um rapaz mais novo podem estar juntos porque se amam de verdade, e não por outro motivo qualquer como o preconceito alheio sugere.

Muitas pessoas acreditam que este tipo de relação não pode existir, e que provavelmente existe algo além e que não é de forma alguma por amor que estão juntos. Muitos apostam até mesmo que essas relações só ocorrem devido a interesse.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Larissa Silva

Amo praia, natureza e escrever. Publicitária e redatora em portais online. Contato: [email protected]