Eliana encerra programa entristecida com mensagem de fé: “desejo muita união”

A apresentadora tem se manifestado atualmente em relação a situação do país devido ao coronavírus

Neste último domingo (29) quem assistiu ao programa da apresentadora Eliana notou que o programa foi ao ar sem plateia, como não é de costuma acontecer.

Isso por que a emissora também está adotando algumas medidas de segurança para evitar o contágio do novo coronavírus neste momento tão delicado pela qual o país está passando. A loira comandou a atração toda sem que tivesse plateia, e este fato ocorreu pela primeira vez na vida da apresentadora em seus 30 anos de carreira.

PUBLICIDADE

Ao encerrar o programa, visivelmente entristecida com tudo, Eliana ainda deixou uma mensagem de fé e de apoio para o povo brasileiro que está enfrentando todas as tragédias deixas pela doença.

A apresentadora se mostrou muito abalada com o momento, em relação ao covid-19 que ela tem se manifestado também através das redes sociais a respeito das campanhas para que as pessoas permaneçam em casa para evitar o contágio.

PUBLICIDADE

Na mensagem a apresentadora esclarece que nunca pensou em sua vida que ela iria ter que apresentar um programa de auditório que não contasse com auditório enquanto ele vai ao ar.

A apresentadora ainda deixou claro que a sua plateia fez muita falta para ela durante o programa, mas que por outro lado ela reconhece que as pessoas estão em suas casas assistindo ela e desejou muita saúde, amor, união e fé acima de tudo para todos enfrentarem este momento difícil.

PUBLICIDADE

A apresentadora ao final de as mensagem de esperança completou dizendo “que Deus abençoe o nosso Brasil e o mundo”.

Logo após a mensagem de Eliana para o público o programa foi finalizado com o tom de pesar da apresentadora, que tem se mostrado muito abalada com tudo que tem acontecido.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.