Exclusivo: Dani Montei, ex-apresentadora da Globo revela que pediu demissão por assédio; veja

A ex-apresentadora do Esporte Espetacular, programa dominical da TV Globo, Dani Monteiro

A ex-apresentadora Dani Monteiro, que apresentava o programa Esporte Espetacular, programa que passava todo domingo, de manhã, muito conhecido por todo o mundo, por apresentar as mais fresquinhas noticias sobre o mundo do esporte.

Dani Monteiro ao falar em uma entrevista, contou sobre como foi sua passagem pela frente das câmeras, pela Rede Globo, que não foi uma experiência muito boa vivida por ela no caso.

PUBLICIDADE

A ex-apresentadora é uma super atleta tricampeã brasileira de Windsurfe, além disso tudo ela ainda é uma super especialistas em esportes radicais, na entrevista cedida ao portal de notícias UOL, ela contou um pouco do que passou dentro do programa.

Ela contou que foi assediada, mas nunca chegou a ser vítima desse abuso, que cada dia tem mais casos de mulheres sendo abusadas, de qualquer seja a maneira, sendo ela verbalmente ou fisicamente.

PUBLICIDADE

“Já fui assediada, mas não vítima. Logo no assim no início da minha carreira um diretor me chamou em sua sala para me diminuir a plenos brados e de porta aberta, usando um tom de machismo e assédio para me acuar. Havia uma maldade no que ele falava para mim, uma arrogância”, disse.Ela ainda disse que ouviu durante muito tempo tudo que ele falava, durante cerca de 30 minutos, ele falava em tom de ameaça, e quando ele parou para respirar foi o tempo que ela pegou e olhou friamente para ele e disse que estava se demitindo.

Dani disse que se lembra de tudo que aconteceu, no momento que ele falava, ela nunca vai esquecer essa cena e esse momento difícil que passou, ela ainda contou mas sobre oque aconteceu.

PUBLICIDADE

Os pés dele estavam na mesa, quando ele ouviu que estava pedindo demissão, o diretor quase caiu, ela ainda contou que muitas pessoas estavam de testemunhas e estavam falando sobre o acontecido, e ficaram de queixos caídos, quando ela pediu demissão.

Ela parou de trabalhar na televisão no ano de 2017, quando era repórter pelo canal Multishow, mais ela já tinha se afastado de algumas coisas e de viagens longas pois ela tinha uma filha que havia acabado de nascer, Maria, que hoje tem 2 anos.

Esse caso serve para abrir os olhos, principalmente as mulheres, para que elas possam se sentir encorajadas e tomarem atitudes, e não deixar que homem nenhum as julguem e achar que podem fazer esses tipos de coisas como assédio com elas.

PUBLICIDADE

Escrito por Larissa Silva

Amo praia, natureza e escrever. Publicitária e redatora em portais online. Contato: [email protected]