Filho adotivo de Flordelis confessa que matou o pastor Anderson e conta quem é o mandante

Lucas de 18 anos confessou o crime e acusou o irmão de ser o mandante.

A polícia já sabe que Lucas dos Santos de 18 anos que é um dos filhos adotados pela deputada Federal Flordelis e pelo Pastor Anderson do Carmo de Souza foi um dos assassinos do pastor que foi morto na madrugada de domingo.

Lucas teria confessado o crime e disse que o mandante teria sido Flávio Rodrigues de Souza de 38 anos que é filho biológico da cantora. Os dois irmãos foram presos na última segunda-feira (17) durante o enterro do pastor.

PUBLICIDADE

Flávio tinha um mandado de prisão por violência doméstica e foi cumprido durante o enterro no cemitério Memorial de Nictheroy.  A polícia de forma discreta efetuou a prisão de Flávio que passou a noite na Delegacia de Homicídios de Niterói em São Gonçalo.

Lucas havia sido preso em casa devido a um mandado por crime de envolvimento com tráfico de drogas na ocasião que ainda era menor. De acordo com informações da Polícia a motivação do crime seria mesmo uma relação extra-conjugal do pastor.

PUBLICIDADE

Durante seu depoimento o jovem Lucas se contradisse muito e decidiu confessar o crime e acusar o irmão Flávio depois que os policiais mostraram a ele as imagens das câmeras de segurança, onde o jovem aparece na cena do crime totalmente transtornado.Lucas confessou o crime e revelou detalhes  incriminando o irmão e ajudando a polícia a entender toda a dinâmica do crime. De acordo com a delegada as imagens da câmera de segurança são muito boas e Lucas não teve como negar.

O Pastor Anderson do Carmo foi morto na madrugada de domingo quando voltava de uma confraternização juntamente com a esposa. Ao chegar em casa e retornar a garagem o pastor foi alvejado por 15 tiros, o laudo pericial revelou que no corpo do pastor Anderson havia 30 perfurações.

PUBLICIDADE

Uma perícia foi feita no local e nos cachorros da casa para ver se os animais estavam dopados. A falta de reação dos animais levou a polícia a crer que o crime teria sido cometido por alguém conhecido da família.

De acordo com informações ainda da polícia, a pastora Flordelis revelou que na altura do McDonald’s ela percebeu que o carro do casal estava sendo seguido por duas motos. A polícia ainda investiga se houve participação de mais pessoas no assassinato.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Larissa Silva

Amo praia, natureza e escrever. Publicitária e redatora em portais online. Contato: [email protected]