Justiça de Goiás suspende investigação e determina exclusão de post que chama padre Robson de “taradão”

O padre Robson de Oliveira, de 47 anos, figura pop da Igreja Católica e que tem investigação suspensa contra ele por desvio de dinheiro de fiéis em Goiás,

O padre Robson de Oliveira de 47 anos que é uma figura famosa da igreja católica teve a investigação suspensa de uma ação de desvio de dinheiro dos fiéis de Goiás.

Agora a defesa do padre quer obrigar o Facebook a retirar os comentários chamando o padre de taradão onde é acusado de diversos crimes.

PUBLICIDADE

A defesa ainda alega que irá entrar na justiça e pedir indenização por calúnia e difamação, a decisão foi dada pelo juiz Everton Pereira Santos da 10ª vara cível de Goiânia.

O processo segue ainda em segredo de Justiça, os comentários foram publicados em 2019 e segundo o advogado de defesa esses comentários constrangeram e denegriram a imagem do padre.

PUBLICIDADE

O padre disse que o usuário de um perfil chegou a ofendê-lo diversas vezes e acusá-lo de ato desonroso e criminoso.

Os comentários feitos por esse perfil denominado Marcos Goiano 2018 publicou diversas frases que acabou repercutindo nas mídias sociais, o processo judicial foi julgado e o padre teve investigação suspensa e agora irão pedir para que seja retirado essa frase ‘Padre taradão’ do Facebook.

PUBLICIDADE

Outro caso antigo que foi publicado nas redes sociais foi que o padre chegou a pagar a polícia para prender uma família que havia publicado certas mensagens nas redes sociais.

Segundo foi publicado o religioso abafou o caso, o padre já reassumiu o Santuário e celebra missas, todas as publicações foram apresentadas a justiça, o Tribunal de Justiça de Goiânia está investigando o caso.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.