Laura Dern emociona em discurso no Oscar ao chamar seus pais de heróis

A atriz usou da premiação para prestar uma homenagem aos pais Diane Ladd e Bruce Dern

A atriz Laura Dern tinha 10 anos de idade quando foi pela primeira vez ao Oscar. No ano em que Laura foi a premiação pela primeira vez, em 1974, sua mãe a também atriz Diane Ladd foi indicada na mesma categoria que ela agora foi indicada, como Melhor Atriz Coadjuvante por “Alice Não Mora Mais Aqui” do diretor Martin Scorcese.

Neste ano a atriz questão acabou perdendo para “O Mistério no Expresso Oriente” em que Ingrid Bergman. As outras duas indicações que recebeu foi por filmes estrelados por Laura Dern, “Um Coração Selvagem” de 1990 e “Rosa, Uma Mulher de Fogo” em 1991.

Por isso, estar ao lado da filha na premiação do último domingo (9) foi um momento especial para ela, ao ver a filha sendo indicada como Melhor Atriz Coadjuvante pelo filme “História de Um Casamento”.

O filme atualmente está disponível para os assinantes do serviço de streaming Netflix, e também contou com várias outras indicações como Melhor Filme e atriz Scarlett Johansson e o ator Adam Driver foram indicados nas categorias Melhor Atriz e Melhor Ator pelo filme. No entanto, nenhum dos dois levou a estatueta para casa, e Laura Dern levou para casa a estatueta como Melhor Atriz Coadjuvante pelo seu papel no longa-metragem.

Escrito por Reginaldo Ribeiro Teodoro

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.