Livro sobre Michael Jackson revela que por trás do homem com status do rei do pop Michael era triste e com um corpo com detalhes que causam espanto

De acordo com o livro a autópsia do rei do pop mostrou muitas cicatrizes das diversas cirurgias plásticas.

Livro que recentemente foi lançado mostra revelações incríveis sobre o rei do pop Michael Jackson. O livro se chama Bad e a obra caracteriza a imagem de um homem triste em constante sofrimento sobre o status do rei do pop.

O autor do livro é Dylan Howard um Jornalista australiano que traz revelações bombásticas revelando que o rei do pop sofreu uma decadência física com muitas feridas por seu corpo que foram resultados das injeções que ele tomava todos os dias.

PUBLICIDADE

De acordo com o livro a autópsia do rei do pop mostrou muitas cicatrizes das diversas cirurgias plásticas e também manchas provocadas por maquiagens definitivas incluindo o couro cabeludo do rei do pop que era para disfarçar o aplique usado por ele.

No livro o autor também diz que Michael Jackson sofria de anorexia, pois um exame em suas vísceras revelou que foram encontrados resíduos de cápsulas de vitaminas e somente isso, ele se alimentava apenas de uma refeição por dia.

PUBLICIDADE

Ao acessar os diários do ídolo do pop, Dylan revela um homem paranoico, ele pensava sempre que as pessoas estavam tentando fazer um complô contra ele na intenção de levá-lo à falência e depois disso providenciarem a sua morte.

O livro precisa ser tratado com reserva, pois de acordo com a informação o autor enfrentou acusações de falta de ética ao falar que um dos artistas mais admirados e queridos e todos os tempos e em diversos lugares era triste e problemático.

PUBLICIDADE

Lembrando que o rei do pop era muito querido e seu sucesso ultrapassou a barreira da idade e décadas. O rei do pop teria morrido de overdose de anestésico cirúrgico e morreu aos 50 anos no dia 25 de junho de 2009.

De acordo com as informações ele tinha problemas dermatológicos e sofria muito com isso, além disso a pele de seus pés estava sendo comida por infecções fúngicas e ele sentiu muita dor por causa disso Michael Jackson sentia vergonha por sua aparência e não queria buscar ajuda não deixava qualquer pessoa examiná-lo.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.