Morre grande cineasta no Centro do Rio de Janeiro; O motivo seria o celular

Cadu chegou a trabalhar no canal Porta dos Fundos

A violência urbana está cada vez mais grave, e as pessoas estão perdendo a vida por coisas cada vez mais banais, saímos a rua sem saber se vamos conseguir voltar para casa principalmente nos grandes centros urbanos.

Na madrugada de terça-feira (10) Cadu Barcellos perdeu a vida depois de ser esfaqueado no centro do Rio de Janeiro, ele que trabalhou em grandes filmes e teve importante participação na cultura brasileira acabou vindo a falecer.

PUBLICIDADE

Cadu tinha apenas 34 anos ele trabalhou em Cinco Vezes favela, além de outros trabalhos na tv, um de seus amigos mais próximos disse que ele talvez tenha morrido por um telefone celular.

Aparentemente a morte foi derivada de um assalto onde o cineasta foi rendido para que entregasse seus pertences, se negando a entregar o celular foi esfaqueado e acabou caindo alguns metros após o ocorrido, pessoas disseram que escutaram gritos de socorro.

PUBLICIDADE

O caso foi entregue as autoridades que estão investigando, Cadu tinha dois filhos e era casado, antes de tudo estava em um carro de aplicativo com uma amiga, tudo aconteceu por volta das 3 horas da manhã.

Já as 7 horas o corpo do cineasta já estava no Instituto Medico Legal onde foi periciado.

PUBLICIDADE

Em sua carreira tem longas como “Cinco Vezes Favela”, “Deixa Voar”, “5x Pacificação”, além de ter trabalhado em um grande canal na internet, o Porta dos Fundos, onde foi assistente de direção e fez um grande trabalho.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.