Opinião de Priscila Alcântara sobre aborto da menina violentada sexualmente causa polêmica

Sabe-se que o assunto mais comentado do momento foi a menina de dez anos que engravidou após ser estuprada pelo próprio tio, além disso, a menina já sofria abusos com frequência durante quatro anos.

Por conta da idade da criança e também por preocupação com sua saúde, a justiça permitiu que fosse realizado um aborto mesmo a gravidez já estando num estado avançado.

No entanto, os religiosos não aprovaram a ideia do aborto e realizaram uma onda de críticas nas redes sócias e protesto na frente do hospital onde seria realizado o procedimento, fizeram de tudo para impedir que o aborto fosse realizado.

O fato que a ideia de que fosse realizado um aborto, como foi realmente feito, não agradou a muitos evangélicos que seguiram fazendo vários tipos de ataques e discursos religiosos contra a realizam do aborto, mesmo sabendo que era uma criança e que ainda tinha sido estuprada.

Por conta disso, a opinião a evangélica Priscila Alcântara causou ainda mais polêmica nas redes sociais, pois ela não foi a favor a atitude dos evangélicos que foram para a frente do hospital protestar contra aqueles que estavam apoiando a realização do aborto, uma menina de dez anos, criança, grávida por conta de um estupro.

Priscila disse em suas redes sociais que ninguém a impediria de pregar o amor, mas que fanatismo religioso mata, além disso, ela ainda falou sobre o julgamento que estavam fazendo sobre a menina como se ela tivesse consciência de tudo que estava sofrendo.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.