Passeador de cachorros de Lady Gaga fala pela primeira vez sobre o sequestro dos animais e sobre tiro que levou

Ryan Fischer, o "dog walker" que passeava com os cachorros de Lady Gaga, falou pela primeira vez após ser baleado na quarta-feira (24), em Los Angeles, Estados Unidos.

Na última quarta-feira (24) Ryan Fisher passeador de cães que foi baleado em Los Angeles Estados Unidos falou pela primeira vez sobre o momento que estava passeando com os cachorros.

PUBLICIDADE

Eram três buldogues franceses era de costume passear com eles pelas ruas quando de repente homens desceram de um carro, atiraram e levaram os animais.

Fisher descreveu o momento assustador dizendo que naquele dia eles atiraram, o carro acelerou e ele caiu no chão ferido por uma arma de fogo, estava sangrando quando veio um anjo e deitou o seu lado, naquele momento os gritos de pânico e se acalmou.

PUBLICIDADE

Ao voltar para sua casa disse que ainda está se recuperando por pouco perdia a vida, a intenção dos criminosos era levar os cães, mas não se importaram me atirar nele.

Ele falou sobre todo o amor que tem pela vida principalmente em cuidar dos animais e agradece a oração de muitos a favor dele.

PUBLICIDADE

O rapaz também agradecer o apoio que teve de Lady Gaga e ficou muito feliz quando os cães foram devolvidos, eram animais que ela amava muito eram tratados como bebês e estava sofrendo a falta deles.

Ele se sente um amigo e sabe que aqueles bichos são parte da família e ainda bem que terminou com os animais voltando para casa e agora todo cuidado será pouco, não sabe se ficará traumatizado com isso, mas espera que venha superar toda essa situação que enfrentou.

Ao longo do texto o passeador de animais agradeceu aos amigos aos familiares e também aos clientes e afirma que está com saudade dos animais.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.