Polícia apreende passaporte de Nego do Borel e R$470 em espécie em casa no Rio

O cantor estava em São Paulo no momento em que agentes cumpriram o mandado

Nesta quinta-feira (28) a Polícia Civil de São Paulo com o apoio de agentes do Rio de Janeiro cumpriram mandados de busca e apreensão conta o cantor Nego do Borel. De acordo com as informações a respeito da operação, no momento foram apreendidos R$470 em espécie, além do passaporte do cantor, em sua mansão na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O material será enviado para São Paulo.

As buscas da operação em questão são em decorrência ao boletim de ocorrência feito pela ex-noiva do cantor, Duda Reis. A influenciadora registrou na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em São Paulo há 15 dias um boletim contra o cantor. Eles terminaram o relacionamento em dezembro do ano passado.

De acordo com o que foi alegado por Duda, ela foi vítima de violência e de ameaças por parte do cantor. Ele, no entanto

, negou todas as declarações dadas pela ex. Um dos mandados que foi expedido foi cumprido na mansão do funkeiro, no Recreio dos Bandeirantes. Ao chegarem no local, os policiais recolheram o passaporte do artista, e no cofre da mansão encontraram as cédulas.

Outra busca foi feita também em um endereço do cantor em São Paulo. Nego do Borel estava no local quando os agentes chegaram para cumprir o mandado. Nesta ocasião, foram apreendidos telefones e um computador. A defesa do funkeiiro ainda não se manifestou a respeito da operação que foi feita nesta quinta-feira.

Nego do Borel também prestou queixa contra a ex-noiva, por injúria, calúnia e difamação. No dia 15 deste mês, os policiais também foram até a residência de Nego do Borel no Recreio, e fizeram a apreensão de um fuzil, que é usado para prática de airsoft.

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.