Rafael Vitti compra galocha do Batman para a filha e seguidora considera errado e a resposta dele viraliza

O ator afirmou que as crianças devem ter a liberdade de escolher o que desejam

O ator Rafael Vitti sempre se mostra muito empolgado com a chegada de sua primeira filha com a apresentadora Tatá Werneck, que está gravida de 7 meses.

PUBLICIDADE

Demonstrando com clareza a sua empolgação, Vitti comprou recentemente um sapato de presente para a filha. Entretanto, ela só poderá usa-lo depois de algum tempo do seu nascimento.

Ao compartilhar a imagem do calçado em sua conta do Instagram, o ator ressaltou que não gostaria de ser um pai consumista, mas, por vezes, é difícil resistir quando se vê coisas como a galocha do Batman que ele comprou para a sua filha.

PUBLICIDADE

Posteriormente, Rafael questionou os seus seguidores se mais alguém se comporta dessa maneira e acaba comprando coisas que não são necessárias no momento. O ator também perguntou se os objetos comprados nessas circunstâncias foram usados depois ou acabaram ficando esquecidos.

Como não poderia deixar de ser quando se fala em redes sociais, uma seguidora não concordou com a atitude de Rafael. Porém, a atitude questionada por ela não foi o consumismo, mas sim a estampa do presente comprado para a sua filha.

PUBLICIDADE

Nesse sentido, é possível destacar que ela considerou errado dar um calçado do Batman para uma menina. Rafael, porém, respondeu à crítica ressaltando que super-heróis são para todas as pessoas, independente do seu sexo.

O ator destacou que Tatá Werneck gosta do Batman enquanto ele prefere a Mulher Maravilha. Assim, para Rafael Vitti, é necessário parar de categorizar objetos como sendo femininos ou masculinos, uma vez que fazer isso acaba por limitar as possibilidades das pessoas.

Ainda durante a sua resposta à seguidora, Vitti respondeu que existem diversos estudos apontado para o fato de que comportamentos desse tipo acabam por prejudicar o desenvolvimento das crianças.

A título de ilustração, o ator citou o fato de que algumas meninas podem ser verdadeiramente boas em esportes, podendo até mesmo desenvolver uma carreira, mas acabam não podendo desenvolver os seus talentos devido às limitações impostas por seu sexo.

Por fim, o ator destacou que as crianças não devem ser categorizadas dessa maneira, uma vez que são apenas crianças. Para ele, deve ser oferecido a elas um ambiente que proporcione liberdade e tolerância para que elas possam escolher o que gostam.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.