Silvio Santos: Filha do patrão causa polêmica no SBT

Os empregados do SBT sempre estranhavam os impulsos de Sílvio Santos, em relação à grade da programação, mas nunca houve reclamações à respeito das decisões de Silvio quanto a administração. Enquanto estava à frente da empresa, defendeu duramente os funcionários frente a diretores à fim de preservá-los.

Segundo o colunista Leo Dias, Renata Abravanel, presidente no Grupo Silvio Santos, tomou a decisão de cortar 25% do salário de todos os colaboradores da emissora. A filha caçula de Silvio fez uso da MP 936, onde dá permissão aos empregadores em reduzir os rendimentos dos funcionários, devido a pandemia do COVID-19.

O SBT não foi a única emissora a adotar tal medida para reduzir custos, mas foi a que mais reduziu.

Enquanto outros reduziram alguns setores, o SBT não perdoou ninguém.

A coluna de Leo Dias, constatou que na quarta-feira (13), diretores e gerentes dos mais diversos setores foram chamados para assinar o acordo trabalhista. Nenhuma comunicação foi previamente feita, tendo cortes nos pagamentos já na folha de maio.

A notícia se espalhou muito rápido dentro da emissora no dia seguinte, e os funcionários ficaram apreensivos no aguardo de uma decisão para saber se apenas gerentes e diretores foram alvo da medida. Sim, mas seus salários serão reduzidos no mês de junho.

Escrito por News Report

Colunista de notícias, visando levar a informação à leitores diversos, através da internet, mídias sociais, redator de plataforma em diversos assuntos.