Xanddy do “Harmonia do Samba” para quitar dívidas, tem cachê penhorado

A ação está sendo conduzida na 1ª Vara de Feitos, na região de Lauro de Freitas, na Bahia. Semana anterior, o advogado de defesa da South solicitou pedido de penhor nos ganhos de Xanddy, de uma live que transmitiu no YouTube, e um show que havia sido agendado em maio e negociado antes da crise do coronavírus.

O cantor Xanddy, da banda “Harmonia do Samba”, a fim de pagar dívida aproximada em R$5, foi penhorado seus cachês na Justiça. Segundo informações do site Notícias da TV, desde 2005, o cantor e sua esposa Carla Perez lutam contra a empresa South America de Serviços e Assessoria Logística, por não terem pago direitos de uma mansão na Bahia.

O ação está sendo conduzida na 1ª Vara de Feitos, na região de Lauro de Freitas, na Bahia. Semana anterior, o advogado de defesa da South solicitou pedido de penhor nos ganhos de Xanddy, de uma live que transmitiu no YouTube, e um show que havia sido agendado em maio e negociado antes da crise do coronavírus.

Segundo o site, eles disseram que Mohamad Farah Hassam, advogado que representa a empresa em questão, confirmou o caso à favor da South. O advogado disse que o “enrosco” com o casal deu-se início em 2003, quando a empresa negociou com eles para atribuir a propriedade a mansão em Lauro de Freitas, na Bahia. O valor da dívida era de 5 parcela de R$700 mil.

A Notícias da TV conversou com assessoria de imprensa do casal e recebeu do advogado, Leandro Neves um comunicado. Ele disse no relatório: “Como mencionamos anteriormente, movemos uma ação de estelionato contra a South America e apelamos ao Tribunal de Justiça. Esse processo continua, contando com a justiça, e tudo será resolvido em breve”.

O advogado da South, Hassan, disse que a empresa que ele defende nem sequer recebeu qualquer aviso de “processo criminal”.

Em relação ao estelionato, ele comentou que Xanddy e Carla tentaram se defender no processo desde 2019. Eles alegaram que o South não tinha escritura ou documentos em nome deles e, portanto, não poderia efetuar a venda.

No final, Hassan disse que a South, juntamente com os proprietários, adquiriu a propriedade da casa de luxo, aguardando regulamentar o condomínio. Quando tudo estivesse ok, a empresa teria em mãos a escritura. O casal queria comprar a propriedade antes que tudo isso acontecesse.

Escrito por News Report

Colunista de notícias, visando levar a informação à leitores diversos, através da internet, mídias sociais, redator de plataforma em diversos assuntos.